#7 dicas para escolher os padrinhos!

sexta-feira, 9 de outubro de 2015 Postado por: Maria Carolina Costa COMENTE!



Creio que um dos pontos mais críticos no planejamento de um casamento, além da lista de convidados, é o momento da escolha dos padrinhos. A questão é simples, as pessoas se sentem bem ao serem convidadas para esta tarefa, se pararmos para pensar os padrinhos de casamento são como convidados VIP, portanto, muitos querem este título, mas nem todos estão dispostos a arcar com todas as "responsabilidades" que os padrinhos devem ter.

Por este motivo, para te ajudar na escolha, separei algumas dicas que podem ser úteis:

#1 - Padrinho é para sempre

Os padrinhos tem algumas tarefas no dia do casamento mas é bom lembrar que o ideal é que eles sejam pessoas realmente próximas, que participam de maneira ativa da vida do casal, pessoas a quem o casal pode recorrer em qualquer eventualidade. Creio que para ficar mais claro é legal tentar imaginar como estará a sua vida em 5 anos e se essas pessoas ainda farão parte da sua vida.

#2 - Presente não pode ser critério de escolha

Não adianta convidar um casal de padrinhos porque espera que eles lhe deem um presente mais caro ou lhe ajudem a mobiliar a casa, se eles atenderem aos critérios ditos na primeira dica, sem problemas, mas do contrário, não faz sentido você compartilhar um dos momentos mais importantes da sua vida com pessoas que talvez nem façam parte do seu dia-a-dia. Convidar os padrinhos por interesse não é legal e o pior, se as pessoas realmente não fazem parte da sua vida elas entenderão o motivo por trás do seu convite.

#3 - Você não tem obrigação de chamar ninguém

É o dia mais importante da sua vida, esquece essa história de convidar fulano porque ele vai ficar triste se não for padrinho, chamar sicrano porque ele se convidou etc. Padrinhos não são meros figurantes que devem ser chamados apenas para preencher as fotos, pense em convidar pessoas que você goste de ver em suas fotos. Imagine como será chato folhear o álbum de fotos e se deparar com aquela pessoa que se convidou para ser padrinho mas que você não tinha intenção de convidar.

#4 - Cuidado com a quantidade

Para ser sincera, na minha concepção, dois casais de cada lado são mais do que suficientes, afinal, além deles ainda temos os pais, portanto seis pessoas de cada lado.

Mas é difícil escolher apenas quatro casais de padrinhos portanto antes de definir a quantidade atente-se ao espaço onde os padrinhos devem ficar durante a cerimônia, se necessário, pergunte ao responsável pela igreja ou pelo espaço, qual a quantidade de ideal de padrinhos para que o altar não fique cheio.

Na minha opinião o número máximo é de seis casais de cada lado, se pararmos para pensar são doze pessoas de cada lado, além é claro, dos pais dos noivos.

É importante lembrar também que quanto mais padrinhos, mais chances de eles ficarem estressados enquanto aguardam para as fotos. Caso você já tenha convidado os padrinhos e seja uma quantidade muito grande, converse com seu fotógrafo e tire uma foto a cada dois casais, assim você ganha tempo e espaço no álbum de fotos.

#5 - Evite separar casais

Às vezes acontece de os noivos terem vontade de convidar determinada pessoa casada ou que esteja namorando e queiram que esta entre com outra pessoa. Creio que quando o casal está namorando não há problema, basta apenas conversar para que nenhuma das partes fique chateada, afinal, seu amigo ou amiga pode terminar o namoro e aquela pessoa vai estar para sempre no seu álbum, no entanto, quando o padrinho que você deseja chamar já é casado ou casada a situação fica bem chata.

Se não houver outra saída, tente conversar com o casal, do contrário, evite ao máximo separar casais, porque pode gerar alguns desentendimentos.

#6 - Irmãos não são obrigatoriamente padrinhos

Irmãos já desempenham um papel fundamental na sua vida, portanto, não há necessidade de convida-los para serem padrinhos, mas acredito que é importante conversar sempre, afinal, pode acabar existindo uma expectativa de que você irá convida-los.

#7 - Evite juntar pessoas que não se conhecem

Caso sua amiga esteja solteira e você faça questão de que ela entre na sua festa evite escolher alguém que ela não conheça para lhe acompanhar até o altar, ela pode ficar constrangida e a pessoa que a irá acompanha-la também.



Estas dicas podem ou não caber na sua realidade, agora é importante você pensar um pouco se pode seguir com os argumentos expostos acima ou procurar por uma outra saída.

O mais importante é sempre pensar que o casamento acontecerá apenas uma vez, portanto, tenha certeza de se cercar de pessoas que realmente se importam com você, que querem o seu bem. Assegure-se também de que todas estas pessoas estejam felizes e satisfeitas por estarem ali.

Agora me conta, está com muitas dificuldades para escolher os padrinhos?

Fonte da imagem.